Corte químico: O que é? Por que ocorre? Como recuperar? Saiba!

0
183

Corte químico capilar é aquele momento em que respiramos fundo e falamos “Deu ruim”. No texto de hoje, entenda melhor por quê isso acontece e o que podemos fazer para recuperar os cabelos dessa tragédia química que aconteceu.

Corte químico

O que é corte químico nos cabelos?

Corte químico é o nome dado a uma quebra agressiva e impactante dos fios capilares, seja parcial ou total nos cabelos (para o terror da mulherada). É considerado uma das mais preocupantes consequências de processos químicos nos cabelos, se não “a mais”.

Dentre algumas das características de cabelos nestas condições estão fios quebradiços, se desmanchando, cheios de pontinhos brancos na estrutura, pontas duplas, triplas ou até mesmo quádruplas, fios extremamente elásticos (puxa e volta), emborrachado, áspero e caindo aos montes, num simples pentear.

Quando e por que ocorre corte químico?

Isso acontece quando a fibra do cabelo tem sua estrutura afetada, a ponto de ficar completamente fragilizada, sem massa interna, e então se partir, quebrar ou cair. Pode ocorrer por diversas causas, como:

  • Fazer procedimentos químicos em cabelos já fragilizados por químicas anteriormente;
  • Alisar os fios em excesso
  • Fazer muitas mechas e luzes;
  • Erros de dosagens ou aplicação de produtos;
  • Tempo excedido de um produto nos cabelos;
  • Toxicidade de um produto nos cabelos, dentre outros.

Esse momento cruciante costuma acontecer logo na lavagem após a ação de algum produto químico, como um resultado evidente de que foi mal sucedido; mas também pode acontecer com o passar dos dias após o procedimento, com cabelos quebrando aos poucos e ficando mais curto em certas partes.

Como recuperar o cabelo depois do corte químico?

Infelizmente, não é fácil nem muito menos rápido recuperar um cabelo após corte químico. Ele poderá levar até 2 anos para crescer saudável e forte novamente, portanto tenha paciência. Confira abaixo algumas das providências que você poderá tomar após o corte químico:

– Cortar o cabelo:

Sim, desculpa falar isso, mas o corte vai ser uma salvação para eliminar a parte que ficou “estragada” após esse caos. Para cortar corretamente, analise como ficou o cabelo no geral.

Se somente as pontas ficaram destruídas, corte cerca de 3 a 4 dedos ou mais para eliminar toda a parte ruim. Entenda que é melhor ter um cabelo mais curto e com um corte novo do que se frustrar todos os dias pelo ocorrido.

– Focar na etapa de reconstrução capilar:

Seu cronograma capilar agora deve priorizar a reconstrução capilar, pois seu cabelo está precisando de MUITA reposição de massa e demais nutrientes.

Procure fazer uma reconstrução intensa a cada 10 ou 15 dias, de preferência num salão com profissionais experientes em salvar cabelos.

Assim que notar que seu cabelo não está mais se quebrando ou não mais elástico, pode diminuir a frequência para cada 20 a 30 dias.

– Umectações e hidratações também:

Nutrir é o principal, mas sem água e umidade seu cabelo também não vive. Procure aliar na sua agenda capilar tratamentos com óleos, nutrientes, lipídeos, vitaminas e demais ativos hidratantes para recuperar a maciez, retenção de água e saúde geral dos fios.

– Sem químicas, sem calor, só tratamentos!

Pode esquecer se quiser fazer qualquer química no cabelo, seja pintar ou alisar! Seu cabelo está precisando de uma pausa depois do que passou, desde a raiz às pontas.

Se você fizer alguma química, pode ter certeza que os cuidados serão em vão e o cabelo pode voltar a ficar ruim novamente e ter até mesmo um corte químico pior.

Quanto a secador, chapinha, babyliss e afins, também dê uma pausa para esse tipo de aquecimento, pois queimar fios debilitados é pedir para que eles fiquem ainda mais doentes.

– Suplementação oral para os cabelos:

Procure um dermatologista e informe-se sobre nutrientes que você possa tomar oralmente para que os cabelos cresçam fortes e saudáveis, com todas as vitaminas repostas.

Esses tratamentos ajudam muito quem precisa de uma força quanto a queda capilar e quem deseja um crescimento mais acelerado, principalmente depois de perder cabelo no corte químico.

O que fazer para corte químico na raiz?

E quando o corte químico é na raiz pode ter certeza que as preocupações são ainda maiores!

Acontece quando procedimentos químicos foram feitos desde a raiz, podendo causar desde queda e quebra completa capilar até mesmo problemas na saúde do couro cabeludo. As dicas de cuidados também são as mesmas para os fios do comprimento do cabelo.

Você pode tentar tratar intensamente em curto prazo ou radicalizar mesmo com um corte desde a raiz, mas certamente será uma mudança bem radical. Tenha paciência e não surta, ok? O estrago já foi feito, agora é só cuidados e muito amor aos seus cabelos.

Cabelo com corte químico cresce?

Sim, cresce sim, no entanto a velocidade pode estar consideravelmente reduzida com relação ao normal por conta de tudo o que sofreu, principalmente se foi um corte químico na raiz que afetou a saúde do couro cabeludo.

As dicas são manter os cuidados descritos acima e procurar tirar as pontas a cada 3 meses, para o fio cicatrizar, deixá-lo mais forte e também eliminar pontas duplas.

Para um crescimento mais rápido, consulte um dermatologista sobre vitaminas que aceleram o crescimento; algumas marcas são: Pill Food, Pantogar, Hair Skin Femme, Inneov e Power Vita.

Tratamento caseiro para corte químico: Vinagre de maçã

Após tantas químicas, a fase mais importante para os fios é a de reconstrução. Felizmente, temos um item baratinho, presente na maioria das cozinhas brasileiras, que faz isso por nós de forma saudável e natural, que é o vinagre de maçã.

Este produto possui propriedades anti-inflamatórias e cicatrizantes, perfeitas para curar o couro cabeludo após tanta química; além disso, ajuda na reposição de nutrientes fio a fio e ainda reequilibra o pH do couro cabeludo, motivando um crescimento saudável nos novos fios.

Saiba como fazer a reconstrução capilar com vinagre de maçã abaixo:

Você vai precisar de:

– ½ xícara de vinagre de maçã;

– 3 xícaras de água filtrada;

– Máscara de reconstrução capilar.

Como fazer:

Lave seus cabelos com shampoo antirresíduos, passe uma máscara reconstrutora como de costume e deixe agindo por 15 minutos; depois enxágue e finalize com condicionador.

Prepare a mistura do vinagre diluído na água e então aplique nos cabelos, massageando bem, mecha a mecha; deixe agir por até 10 minutos e depois é só enxaguar com água. Usar o vinagre assim no final da lavagem cria uma camada externa protetora.

Pode fazer botox em cabelo com corte químico?

Por mais que muitas composições de botox afirmam não conter ativos químicos, não caia nessa de que fazer um alisamento é a solução para escapar de um corte químico.

O que o seu cabelo precisa neste momento é de reposição de massa, nutrientes, vitaminas, e hidratação, e não de ativos alisadores.

Espere ele se recuperar completamente para realizar qualquer procedimento do tipo, seja botox ou progressiva, e ainda assim realize com cautela para não cometer o mesmo erro novamente e todos os cuidados terem sido em vão.

Corte químico: O que é? Por que ocorre? Como recuperar? Saiba!
Avalie este post

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here