Dor de ouvido: Causas, tratamentos, medicamentos, como aliviar

0
2296

Também conhecida como otalgia, a dor de ouvido é uma dor extremamente incômoda que afeta a qualidade de vida de muitas pessoas quando é sentida de forma constante. Ainda bem que existem tratamentos e medicamentos para lidar com isso e evitar novas dores. Continue lendo para entender melhor!dor de ouvido

Causas da dor de ouvido

Existe uma grande variedade de motivos para dor de ouvido, sendo essas condições relacionadas ou não ao sistema auditivo, podendo ser sintomas ou reações de outras condições de saúde em outras áreas próximas.

São algumas causas:

  • Quando algum líquido entra no canal auditivo e fica lá dentro, mesmo que em quantidade mínima, como água ou algum cosmético;
  • Qualquer tipo de infecção, furúnculo ou folículo infectado no canal auditivo;
  • Dores ou doenças ósseas na área da mandíbula, como artrite, que refletem dores no aparelho auditivo;
  • Disfunções na dentição e articulação mandibular também causam dor de ouvido;
  • Dores de dente ou casos únicos de nascimento dos dentes do siso ou abscesso dental na boca;
  • Variações de pressão no corpo, como quando pegamos avião, por exemplo, chamado também de barotrauma;
  • Dermatite seborreica que pode causar eczema no canal do ouvido;
  • Condições inadequadas de higiene no canal auditivo, proliferando muitas placas de cera;
  • Objetos empurrados no canal auditivo, lesionando a área;
  • Neuralgia do trigêmeo (dor proveniente de alterações e inflamações no nervo trigêmeo, localizado no crânio ramificado em nervo oftálmico, mandibular e maxilar;
  • Outras dores e inflamações em outros nervos faciais.

Sintomas da dor de ouvido

Geralmente, os sintomas da dor de ouvido envolvem:

  • Queimação, pontadas, pressão ou até zumbido na região do ouvido;
  • Dores de forma frequente ou não, constantes ou oscilando;
  • Dores de cabeça;
  • Irritação e inquietude;
  • Perda de apetite;
  • Dificuldade para ouvir sons baixinhos;
  • Perda de equilíbrio;
  • Pode ocorrer em apenas um ou nos dois ouvidos;
  • A audição pode ser afetada dependendo do que seja realmente;
  • Fluidos podem escorrer pelo canal, em caso de infecção, como pus ou sangue (casos graves);

Quando procurar ajuda médica?

A dor de ouvido é considerada normal em casos simples, quando se entende mesmo o motivo da dor, como quando proveniente de alguma lesão ou pressurização durante um voo, por exemplo. Já em outros casos, principalmente quando acompanhada de vertigem, dores de cabeça, inchaço na área, tontura e afins, buscar ajuda médica torna-se algo essencial para iniciar um tratamento o quanto antes.

Na consulta, uma série de perguntas sobre seu histórico de saúde serão feitas, como também perguntas sobre intensidade da dor, lista de sintomas, sinal de febre, dentre outras; como também, podem ser solicitados exames como Timpanometria, reflectometria de pulso acústico ou Timpanocentese.

Pode ser desde uma infecção que precisa de antibióticos a até mesmo um sinal de tímpano rompido, sendo assim agende uma consulta médica se suas dores estão constantes e sem soluções rápidas, não espere piorar.

Medicamentos para dor de ouvido

Como dissemos, as causas variam, então o diagnóstico pode ser apenas estabelecido por um médico, geralmente um otorrinolaringologista ou pediatra para as crianças. Ele poderá lhe receitar medicamentos para o seu caso, indicando a melhor dosagem e tempo de tratamento.

São alguns dos medicamentos mais indicados pelos médicos para tratar dor de ouvido: Deocil, Dipirona, Tramal, Nimesulida, Otosporin, Panotil, Lidosporin, Otomicina ou Otosynalar. Lembre-se de não comprar nenhum remédio sem orientações médicas.Dipirona

Como aliviar a dor de ouvido

Além do uso de medicamentos, o médico também poderá lhe indicar outros tipos de tratamentos e novos hábitos para se ter no dia a dia. São alguns:

  • Um bom relaxamento da dor caseiro é deitar-se e colocar uma toalha aquecida sobre a orelha com o ouvido inflamado; você pode aquecer a toalha passando ferro sobre ela por alguns minutos;
  • Quando a dor de ouvido for referente a dores de dente, bolsa térmica morna deve ser aplicada no rosto do lado da dor, de modo que aqueça tanto a boca quanto a orelha;
  • Quando a dor de ouvido for referente a água dentro, o ideal é criar um vácuo no ouvido para esse líquido sair; incline o lado afetado e crie pressão com a palma da mão de forma suave, até que a água saia com a sucção;
  • Dor de ouvido seguida de tontura também pode ser caso de desidratação, portanto beba bastante água;
  • Procure observar como você mastiga e também se tem caso de bruxismo durante o dia ou ao dormir, assim você evita essa pressão e consequentemente dor no ouvido;

Tratamentos para dor de ouvido

Além das técnicas caseiras de alívio temporário, como dissemos acima, também são tratamentos eficientes:

  • Uso de medicamentos para lidar com dores, inflamações e infecções, como  analgésicos, antitérmicos e antiinflamatórios;
  • Dependendo do caso, o médico também poderá lhe encaminhar para um fonoaudiólogo para realizar testes de audição, fala e compreensão; isso é necessário na maior parte dos casos em que ocorreu alguma infecção que tenha comprometido a qualidade da fala ou audição do paciente.  

Dor de ouvido na gravidez

Não é uma condição que se agrave durante a gestação ou que tenha se desencadeado por conta dela. Em casos de dor de ouvido durante a gravidez, a mulher pode tomar Paracetamol ou Tylenol para dores simples; em caso de infecção, é provável que o médico lhe receite Amoxicilina. Nenhum deles deve ser tomado em excesso. Os tratamentos caseiros de alívio momentâneo podem ser feitos também moderadamente.

Dor de ouvido em bebês

Pode ser bastante comum e mais frequente a dor de ouvido em bebês e crianças, pois eles apresentam maiores chances de desenvolver infecções no canal auditivo. Pode ser causado pela entrada de líquidos, inflamações, infecções ou vírus, fungos ou bactérias provenientes de secreções de gripes ou resfriados.dor de ouvido em bebe

Como identificar dor de ouvido em bebês:

  • O bebê fica mais irritado, perturbado e com choro mais fácil;
  • Coceira no ouvido;
  • Dificuldade para dormir;
  • Falta de apetite;
  • Dificuldade para ouvir sons baixo;
  • Pegar na orelha e apertar;
  • Balançar a cabeça para os lados muitas vezes;
  • Perda de equilíbrio;
  • Em casos de infecção: Febre e mau cheiro na região do ouvido, e até secreções como pus.

Como aliviar dor de ouvido em bebês:

  1. Aplique a técnica do pano morno para alívio (cuidado para não queimar o bebê; o pano é morno, não quente);
  2. Cuidado com a mucosa do bebê, principalmente se a garganta estiver inflamada e ele com febre, portanto apenas alimentos líquidos e comidas pastosas e amassadinhas;

Tratamentos de dor de ouvido em bebês:

Leve seu bebê no pediatra ou no médico de emergência e peça as melhores orientações, o médico poderá indicar medicamentos para alívio da dor e febre, como analgésicos e antipiréticos; ou antiinflamatórios e antibióticos, o uso de descongestionantes também poderá ser recomendado, principalmente se o bebê estiver com a dor de ouvido acompanhada de resfriado e tiver produção de secreção.

Tirou todas as suas dúvidas sobre dor de ouvido? Se ainda ficou alguma, mande nos comentários.

Dor de ouvido: Causas, tratamentos, medicamentos, como aliviar
Avalie este post

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here