Dor no estômago: Causas, na gravidez, remédios, tratamentos

0
169

Sintoma comum ou surgimento de alguma doença? Saiba tudo sobre dor no estômago, principais causas, quando ela é considerada grave e seus tratamentos.Dor no estômago

Causas de dor no estômago

Muitas podem ser as causas da dor no estômago, tais como: má alimentação, café em excesso, bebidas alcoólicas, comidas apimentadas, estresse, ansiedade, nervosismo, refluxo alimentar, dentre outros problemas gastrointestinais. Muitas vezes a dor é acompanhada de vômitos, azia e outros sintomas, depende de cada pessoa e da sua condição de saúde.

A seguir, falaremos da dor de estômago quando acompanhada de outros sintomas e em diferentes situações:

Dor no estômago e diarreia

Quando a dor no estômago vem acompanhada de diarreia, isso pode indicar uma gastroenterite, que também pode causar febre, calafrios e vômitos. O ideal é ingerir bastante líquido, como água, soro caseiro, chás, e a alimentação deve ser leve, regada de frutas e nada de alimentos gordurosos, assim o intestino de regula. Caso os sintomas se agravem e você não note nenhuma melhora com a mudança na alimentação, busque ajuda médica.

Dor no estômago e vômito

Quando vem vômito, pode ser indicação também de problemas gastrointestinais, principalmente sinal de intoxicação alimentar, pois o vômito é uma reação de expulsar algo de errado no organismo. Porém, os vômitos podem ficar irregulares e recorrentes, mesmo após o fim da intoxicação, então a ajuda médica pode ser necessária.

Dor no estômago e gases

Quando a dor no estômago vem acompanhada de gases, isso é um grande sinal de má digestão. Isso ocorre quando a comida chega no estômago e não é digerida da forma correta, pode ser por conta de alguma bactéria ou muita produção ou baixa de suco gástrica, o que causa muitos gases e arrotos no indivíduo.

Dor no estômago e enjoo

Quando o estômago dói e a pessoa sente enjoo também, pode ser: muito tempo sem comer; sintomas de gravidez; estresses e ansiedade; reação de alguma medicação; como também é outro sintoma de infecção intestinal. Água gelada ajuda muito nos enjoos.

Dor no estômago após comer

A sensação de azia e dores no estômago após comer pode ser manifestação de doenças como gastrite, úlcera ou refluxo. Tem gente que sente dor no estômago quando se deita após comer, o que também é errado, pois dificulta a posição de digestão. O recomendado é evitar comer, principalmente frituras, bebidas lácteas, embutidos ou comidas pesadas, antes de se deitar; como também eleve a cabeça ao deitar. Tais condições são agravadas com históricos familiares de infarto, obesidade, tabagismo, sedentarismo, colesterol ou pressão alta.

Dor no estômago e nas costas

Dependendo da forma dos sintomas, a dor nas costas e dor no estômago juntas podem indicar sérios problemas, como infarto. Há relatos de sensação de estômago pesado ou náuseas um pouco antes de uma pessoa ter infarto, seguido de outros sintomas do mal-estar, com dores cardíacas que irradiam pela região das costas, ombros e braços.  

Outros casos de dores no estômago: Além das doenças e casos gastrointestinais, pode ser intolerância alimentar, reação de medicamentos ou suplementos, intestino preso ou lesionado e, em casos mais graves, sintomas de pancreatite ou cânceres, como o de intestino, por exemplo.

Remédios para dor no estômago

O mais comum é a indicação de antiácidos ou protetores gástricos, como Omeprazol, Ranitidina; medicamentos antieméticos, como Metoclopramida; ou anti-espasmódicos, como Buscopan. Outros medicamentos específicos para problemas como a gastrite podem ser receitados, como também remédios para tratar estresse, ansiedade e depressão.

Dor no estômago na gravidez

Durante a gestação, é normal que a mulher produza uma maior quantidade de enzimas e ácidos digestivos; além disso, o útero da mulher vai crescendo e isso empurra o estômago para cima, favorecendo o aumento do refluxo gástrico, causando dores e queimação.

Sendo assim, é completamente normal dor no estômago na gravidez; o tratamento disso, durante e após a gestação, pode ser feito com o acompanhamento de um médico, além de alimentação correta, sem ingestão de líquidos durante as refeições, nem muitos alimentos  gordurosos e pesados.dor no estômago na gravidez

Tratamentos para dor no estômago

Além de medicamentos que seu médico pode te indicar, são alguns outros tratamentos e mudanças de hábito em casa mesmo para aliviar a dor no estômago:

  • Compressas de água quente ajudam a relaxar os músculos do abdômen;
  • Evite alimentos e bebidas ácidos, como café, refrigerantes, álcool e comidas com temperos fortes;
  • Consumir gengibre pode aliviar através de suas propriedades anti-inflamatórias;
  • Consumir camomila ajuda a acalmar os nervos para caso de dores emocionais;
  • Consumir menta aumento o fluxo de bile e melhora a digestão;
  • Caso faltar antiácido na sua casa, uma alternativa boa é bicarbonato de sódio num copo d’água, para aliviar azia e má digestão.

Quando procurar um médico?

Dores no estômago são consideradas normais até certo ponto, como gases momentâneos, por exemplo, mas a partir do momento em que se tornam recorrentes, intensas, ou se ocorrem vômitos frequentes ou com sangue, como também as fezes, se estiverem muito escuras ou você estiver com prisão de ventre, o ideal é buscar ajuda médica o mais rápido o possível. Marque consulta com um clínico-geral ou um gastroenterologista e ajude-o a entender sobre sua dor no estômago.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here