Ginecomastia: Como reconhecer, causas, sintomas, como tratar e preço da cirugia

0
97

A ginecomastia é um problema que afeta milhares de pessoas, sendo que muitas pessoas pensam que ela é ocasionada apenas devido ao excesso de gordura no corpo, contudo ela também pode aparecer através do acúmulo de tecido mamário.

Mas afinal, o que é ginecomastia e como dar fim a esse problema? Se você deseja saber tudo sobre a Ginecomastia esse artigo é para você, continue lendo-o e veja  a seguir tudo o que você precisa saber sobre ela!Ginecomastia

O que é?

A Ginecomastia consiste no desenvolvimento das mamas em homens,  sendo que esse problema faz com que alguns homens tenham as mamas bem maiores do que o normal,  fazendo com que eles sofram bullying e muitas vezes possuam problemas de autoestima.

É válido ressaltar que este é um problema que pode afetar homens de várias idades sendo que ela pode ser ocasionada de forma natural ou não. Em casos onde a Ginecomastia ocorre de maneira natural ela pode aparecer em adolescentes  a partir dos 14 anos de idade, ou pode aparecer até mesmo em adultos que possuem sobrepeso.Ginecomastia

Já a Ginecomastia que ocorre de maneira artificial é ocasionada muitas vezes devido a um excesso do uso de anabolizantes.

A Ginecomastia possui tratamento e quanto mais rápida for identificada, maiores as chances de cura.

Causas da Ginecomastia:

Existem duas principais causas para que ocorra a Ginecomastia, sendo que ambas acontecem devido a um desequilíbrio hormonal.

A primeira causa é quando ocorre um aumento do tecido mamário ocasionado por uma disfunção hormonal no homem, assim suas mamas irão crescer mais que o normal e muitas vezes poderão ficar do tamanho de um seio feminino.

A segunda causa da Ginecomastia é quando ocorre um acúmulo de gordura no corpo, sendo que neste caso é possível notar esse problema até mesmo em pessoas mais velhas.

Além do mais, outros fatores que podem ajudar a intensificar a ginecomastia são o uso de drogas, doenças endócrinas e doenças sistêmicas.

Sintomas

A Ginecomastia não é uma doença silenciosa, e quanto mais rápida ela for descoberta, maiores as chances de haver uma cura sem trazer problemas a saúde. Alguns dos sintomas dessa doença são:

  • Dores nas mamas;
  • Maiores sensibilidades na região;
  • Coceiras;
  • Acúmulo de gordura;
  • Mamas com aspecto feminino;
  • Diminuição da autoestima.

Esses são os seus principais sintomas, contudo em alguns casos mais raros também é possível notar um pequeno fluxo de leite nessa região.

Tem cura?

Sim, a ginecomastia é um problema que tem cura, e quando diagnosticada ainda no início pode ser tratada apenas com medicamentos. Quando os medicamentos não resolvem é recomendável que o indivíduo faça uma cirurgia para dar fim a esse excesso de mamas.

Para acabar atraves do uso de medicamentos são indicados o Nolvadex ou o Tamoxifeno, sendo que esses medicamentos devem ser administrados por 3 a 6 meses para que seja possível notar melhoras. Contudo é imprescindível procurar um médico para que ele possa indicar a dosagem correta desses medicamentos que você deve tomar.

Quando os medicamentos não resolvem é aconselhável que a pessoa opte por fazer uma pequena cirurgia. Para que a cirurgia seja feita o médico deverá fazer exames investigando quais são as reais causas da ginecomastia. A cirurgia é bem simples e muitas vezes não precisa nem que a pessoa fique internada. Cerca de 2 semanas após a cirurgia a pessoa já estará completamente boa novamente.ginecomastia cirurgia

Como se prevenir?

Para  pessoas que possuem tendência a ter uma ginecomastia é indicado que se previna, para isso é aconselhável que ela evite a obesidade, não faça uso de drogas, principalmente da maconha e não faça uso de suplementos que contenham androstenediona em sua composição.

Quanto custa a cirurgia?

Uma cirurgia de ginecomastia custa entre 1.000 e 3.500 reais, sendo que esse valor irá variar conforme o profissional escolhido, o tipo de cirurgia que você irá fazer, e é claro, conforme a região onde você irá fazer a cirurgia.

É válido ressaltar que essa cirurgia deve ser feita por um profissional competente e que entenda bem do assunto para que não haja possíveis complicações durante o procedimento.

Espero que você tenha gostado do nosso artigo sobre Ginecomastia, e se ficou alguma dúvida sobre essa doença, deixe-a nos comentários que nós responderemos assim que for possível.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here