Micose: O que é, tipos, causas, sintomas, tratamentos, tratamentos caseiros

0
61

Muito fácil de contrair, a micose é uma condição chatinha de lidar, que coça muito, cria lesão na pele e que deve ser tratada corretamente o mais rápido possível, antes que cause mais malefícios à pele. No artigo de hoje, falaremos sobre como você pode cuidar da micose e também como se prevenir para que não aconteça novamente!Micose

O que é micose?

Em nosso corpo vivem milhares de microorganismos, a maioria inofensivos e que até ajudam em processos químicos do organismo. Porém, quando alguns deles começam a ser reproduzir rapidamente e em grandes quantidades, como os fungos, eles causam doenças e infecções, como é o caso da micose.

Quando há o excesso de fungos na pele, unhas e cabelos, eles se alimentam da queratina presente, tornando essas regiões frágeis e receptoras de mais doenças. Esses fungos se proliferam com facilidade em quando há muito calor, baixa imunidade, muita umidade, dentre outras causas.

Tipos de micose

  • Pitiríase Versicolor:

Chamada popularmente como pano branco, esse tipo de micose se caracteriza por pequenas manchas brancas na pele que descamam, aparecendo agrupadas ou isoladas pela pele. As regiões mais comuns são braços, pescoço e rosto. Aparece com mais facilidade em adolescentes e jovens, e também pessoas de todas as idades com pele oleosa.Pitiríase Versicolor

  • Tinha:

A aparência dessa micose tem manchas avermelhadas ou rosadas na pele, com bordas nítidas e que coçam bastante. É o famoso pé-de-atleta quando acontece nos pés. Em crianças, é comum acontecer no couro cabeludo, em forma de placas que coçam bastante. O cabelo pode até cair de tanto que a pessoa coça e a mancha ficar bem evidente.Tinha

  • Onicomicoses:

Quando a micose acontece nas unhas leva esse nome. Começa com uma pequena mancha na unha que vai crescendo, deixando a unha mais grossa, frágil, mudando de forma e de cor. Pode acontecer de a unha cair e a área do dedo ficar infeccionada.Onicomicoses

Causas 

A principal causa da micose é a presença de fungos na região dos cabelos, unhas e pele. Os fatores que contribuem para essa proliferação podem ser origem endógena, por fatores relacionados à saúde, e fatores externos ambientais. São algumas formas de pegar micose:

  • Contato de pele com pele entre pessoas ou até com um animal contaminado;
  • Andar descalço em lugares úmidos, como banheiros e vestiários;
  • Troca de itens pessoais, como toalhas, vestes e acessórios;
  • Em piscinas compartilhadas, principalmente se tiver muito tempo que não é limpa; mas mesmo em piscinas limpas regularmente pode acontecer;
  • Uso de sanitários compartilhados;

Sintomas

A micose vem acompanhada de lesões na pele que são, na maioria dos casos, vermelhas ou rosadas que coçam bastante e também sofrem descamação. Quando acontece no couro cabeludo ou nas unhas, pode provocar queda e outros ferimentos.

Todos os sintomas devem ser relatados a um dermatologista para ele saber diferenciar a sua micose de algum outro caso dermatológico, e assim tratar da forma correta.

Tratamentos 

  • Pomadas para micose:

O dermatologistas costumam indicar pomadas para tratar micoses em estágios simples, com duração de uso de 1 a 4 semanas. As mais conhecidas para a micose são Cetoconazol, Miconazol e Terbinafina.

  • Soluções antifúngicas:

Vendidos em forma de spray para borrifar no local, essas soluções visam eliminar o fungo; também podem ser encontradas em forma de shampoo para a micose no couro cabeludo e em forma de esmaltes para as unhas. Alguns nomes desses medicamentos antifúngicos são Ciclopirox, Miconazol, Fluconazol e Cetoconazol, e esmaltes são Fungirox e Micolamina.

Remédios

Indicados para tratamento de dentro pra fora quando o caso da micose é muito extenso e somente tratar com pomadas e soluções não é eficaz. O uso de Fluconazol ou Terbinafina é comumente indicado.

Terbinafina
Terbinafina

Alguns tratamentos caseiros para micose:

Alho: Esfregar um dente de alho na pele ou na unha infectada e deixar agir por 10 a 15 minutos por ajudar bem a acelerar a recuperação.

Mamão: Coloque fatias de mamão na área infectada para acelerar recuperação;

Sementes de mostarda: Deixe um punhado de molho em água morna e esmague, formando uma pasta; aplique na área infectada e deixe agir.

Como evitar a micose?

  • Mantenha a pele sempre limpa, seca e hidratada;
  • Evite ficar descalço, principalmente em lugares públicos;
  • Trocar de meias e roupas íntimas todos os dias;
  • Utilizar roupas frescas e nada apertadas;
  • Não compartilhar roupas nem acessórios, mesmo que com pessoas conhecidas;

Quando procurar um médico?

Preocupe-se com a micose quando o tratamento que você fez não surtiu efeito ou se foi feito de forma incorreta, com medicamentos ou pomadas incorretas.

Procure um médico se as lesões aumentarem, se coçar muito e ficar muito vermelho, mais que o comum. Sinais de piora podem indicar infecção ainda mais forte que necessite uso de antibióticos.

Micose: O que é, tipos, causas, sintomas, tratamentos, tratamentos caseiros
Avalie este post

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here