Ritalina: O que é, pra que serve, benefícios e efeitos esperados

0
580

A Ritalina é um medicamento, de tarja preta, muito conhecido por causa do seu uso para tratar problemas de déficit de atenção, TDH, hiperatividade e falta de concentração. O seu uso pode ocorrer tanto em adultos quanto por crianças, assim que são diagnosticadas com algumas dessas doenças.

ritalina 60 comprimido

Se você quer saber mais sobre esse medicamento, seus usos, benefícios e contra indicações, continue lendo esse artigo, pois iremos explicar tudo sobre a Ritalina e seus efeitos.

O que é a Ritalina

A Ritalina é um remédio de tarja preta, ou seja, seu uso apenas pode ser feito por quem tem uma receita médica que ateste a necessidade de um tratamento com esse medicamento. Uma vez que esse remédio é muito forte e seu uso de maneira incorreta pode trazer diversos efeitos colaterais ao sistema nervosa.

Quando foi desenvolvida, em meados dos anos 50, a Ritalina tinha como principal objetivo ser um medicamento de uso infantil, para aquelas crianças que fossem diagnosticadas com problemas de déficit de atenção, TDAH e hiperatividade. Pois esse medicamento tem efeitos direto no sistema nervoso promovendo uma maior concentração nas atividades de maneira a se distrair menos enquanto as exerce.

Porém, ao longo dos anos e com os bons resultados da Ritalina nas crianças, muitos adultos passaram a também a serem receitados o uso de Ritalina para tratar de problemas de concentração, foco e dispersão.

Ainda assim, o uso só pode ser permitido por um médico que ateste que o paciente realmente precisa da Ritalina para o seu tratamento.

Para que serve a Ritalina e quem pode utilizar ela

quem deve usar ritalina

A Ritalina serve para tratar problemas de dificuldade de atenção em crianças e adultos, mas no geral seu uso está associado com sessões de terapia e acompanhamento psicológico para poder ir acompanhando a evolução do paciente até que não seja mais necessário o uso da Ritalina no tratamento. Nesse caso a função da Ritalina é atuar no sistema nervoso de maneira a melhorar certas partes do cérebro que podem não ser tão ativas e assim melhorar a concentração e diminuir os momentos de impulsividade.

Ela também pode ser receitada, em alguns casos de problemas de distúrbio de sono, conhecido como narcolepsia, que é quando os pacientes mesmo após boas noites de sono e dormindo o mínimo de horas recomendadas, têm ataques de sonolência ao longo do dia. E a Ritalina pode ser utilizada para acabar com essa sonolência e auxiliar na concentração durante o dia.

Benefícios da Ritalina

De maneira geral, os principais benefícios da Ritalina são o aumento da concentração, e assim possibilitando que sejam realizadas atividades com mais foco e de maneira melhor, sem ter tanta dispersão ou se “perder” entre uma tarefa e outra. Além de ter também mais disposição para realizar essas atividade até o fim

Acabar com a impulsividade e agir de maneira mais cautelosa e concentrada.

E ajudar a não ter mais problemas de sono durante o dia e conseguir melhorar o sono noturno.

O uso deste medicamento somente deve acontecer com a receita e o acompanhamento médico, devido a possibilidade de efeitos colaterais, em alguns casos, mesmo apresentando os sintomas já citados acima de TDAH, podem ser recomendados outros medicamentos que tenham a mesma função que a Ritalina, porém sem os efeitos colaterais.

Efeitos colaterais

Um dos principais e mais graves efeitos colaterais da Ritalina é a dependência. Por ser um medicamento de uso controlado e que atua diretamente no sistema nervoso e no cérebro a Ritalina pode causa dependência em seus usuários que sentem necessidade de ter as sensações provocadas por ela, que muitas vezes os dão mais prazer ao longo do dia a dia.

Outro efeito colateral que pode existir é o Efeito Rebote, que é quando se para de fazer o uso da Ritalina antes do tempo indicado, ou quando faz uma parada brusca e sem preparação, nesses casos pode acontecer de você não ter mais nenhum dos benefícios que ela oferece e ainda ter uma perda de assimilação, muita falta de foco e problemas em geral no sistema nervoso.

É por causa desses efeitos colaterais que muitos médicos estudam outras opções de medicamentos para receitar aos seus pacientes. Por isso nunca use a Ritalina sem a recomendação médica.

Se você ainda tem dúvidas sobre esse medicamento é só deixar nos comentários!

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here