Sarampo: Sintomas, agente causador, transmissão, diagnostico, vacina, fotos

0
4190

No artigo de hoje falaremos sobre uma doença causada por um vírus e altamente infecciosa, principalmente entre as crianças, o sarampo. Todos sabemos que é uma doença grave e que necessita de tratamento o quanto antes possível, mas existem muitas dúvidas a respeito de como identificar os principais sintomas e formas de tratamentos. Pensando nisso, preparamos este artigo bem explicativo pra você.sarampo

Sintomas do sarampo

É uma doença que atinge principalmente crianças; seu agravamento pode ser desencadeado quando atinge pessoas desnutridas, recém-nascidos, gestantes e pessoas portadoras de imunodeficiências. Os primeiros sintomas do sarampo costumam aparecer cerca de 8 a 12 dias depois da infecção acontecer.

Na maioria dos casos, a pessoa apresenta tais sintomas:

  • Febre alta;
  • Tosse persistente;
  • Coriza;
  • Olhos vermelhos e irritados;
  • Pequenas manchas brancas na parte interna da boca;
  • Alguns dias depois, erupções na pele começam a surgir na região do pescoço, face e vai se alastrando pelo corpo, progredindo até os pés;
  • A maioria das pessoas costuma se recuperar sem tratamento dentro de 2 a 3 semanas, com os sintomas sumindo aos poucos;
  • Em casos graves da infecção, sintomas mais complicados podem surgir, como infecção nos ouvidos, pneumonia, convulsões, olhar fixo, lesões cerebrais e morte; o vírus também pode atingir as vias respiratórias, causas diarreias e até infecções no encéfalo.sintomas sarampo 01

Agente causador do sarampo

O sarampo é causado por um vírus chamado Morbillivirus, um dos maiores responsáveis pela mortalidade infantil nos países mais pobres do Terceiro Mundo. Por conta de fortes campanhas de vacinação e programas de vigilância de epidemias iniciadas nos anos 90, a doença não é mais comum no Brasil e a taxa de mortalidade não chega nem a 0,5%.

Transmissão do sarampo

O sarampo é uma doença extremamente contagiosa e fácil de se adquirir; o período de mais fácil transmissão ocorre 2 dias antes e 2 dias após o exantema (nome dado às erupções na pele). Sua transmissão pode acontecer através de:

  • Tosse;
  • Espirros;
  • Beijos;
  • Partículas de ar que circulam no ambiente, como trabalho ou creche, por exemplo;
  • Gotículas que saem durante a fala;
  • Qualquer tipo de contato com fluidos da boca ou nariz de uma pessoa infectada, diretamente ou através de lenços, por exemplo;
  • Contato direto com objetos usados pela pessoa infectada, como copos ou talheres.

Diagnóstico do sarampo

É possível diagnosticar o sarampo através da manifestação e identificação de sinais e sintomas, porém essa doença tem os mesmos sintomas que muitas outras similares como rubéola e outros tipos de infecções virais, podendo confundir e deixar o tratamento incerto. Sendo assim, é melhor realizar a análise de uma amostra de saliva ou de sangue em exame laboratorial; na maioria dos casos, o médico recomenda a confirmação da doença através desses exames.

Vacina contra o sarampo

O nome da vacina que previne a doença do sarampo é a tríplice viral, que também atua sobre os vírus causadores da caxumba e rubéola. É um tipo de vacina subcutânea, barata, segura e muito eficaz. Indicada para crianças, adolescentes e adultos; é contraindicada para gestantes, pessoas com doenças de imunidade comprometida, pessoas com históricos de alergia a algum componente da vacina.Vacina contra o sarampo

Recomenda-se que crianças sejam vacinadas em ambiente hospitalar para recorrer a qualquer cuidado em caso de reação alérgica, pois essa é uma fase em que certas alergias são apresentadas à vida da pessoa.

Prevenção do sarampo

A única forma de prevenção é a vacinação. Existe apenas uma forma de estar imune sem a vacinação, que é através da transmissão de anticorpos de uma mãe anteriormente vacinada para seu filho ainda na placenta; ainda assim, a criança que nascer está imune apenas no seu primeiro ano de vida, sendo necessária de toda forma a prevenção com a vacina tríplice viral. Previna-se no geral das doenças virais evitando compartilhar os mesmos objetos pessoais com outras pessoas, evitando aglomerações sempre que possível ou evitar estar perto ou nos mesmos locais de quem está contaminado.

Tratamento para sarampo

O primeiro passo para qualquer manifestação de doença viral é procurar um médico, receber todas as suas orientações, necessidades de medicamentos e execução de exames. vale ressaltar que é proibida a automedicação, ok? Seu médico lhe passará algumas instruções de cuidados para seu tratamento, como:

  • Descanso e bom sono;
  • Alimentação saudável rica em vitaminas, principalmente a vitamina A que ajuda a proteger as crianças;
  • Beber soro fisiológico ajuda também a prevenir a desidratação em casos de diarreia e vômito;
  • Limpar sempre os olhos com água morna para acalmar a irritação;
  • Tomar antitérmicos em caso de febre alta;
  • Evitar coçar as manchas para não deixar feridas ou cicatrizes.

Fotos do sarampo

Confira abaixo como são os sintomas do sarampo manifestados na pele:

Fotos do sarampoFotos do sarampoFotos do sarampoFotos do sarampoFotos do sarampo

Sarampo: Sintomas, agente causador, transmissão, diagnostico, vacina, fotos
Avalie este post

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here